Denúncia contra vereador foi pauta na 37° reunião ordinária da III Sessão da Câmara Municipal de Ituiutaba; veja detalhes

Compartilhe

A denúncia apresentada e protocolada no último dia 18/06/2019, pedia cassação do mandato do vereador Juninho da JR. No documento a denunciante alegava, nepotismo pela contratação da cunhada do referido vereador no cargo de assessora parlamentar.

Já no início da sessão antes mesmo da leitura do documento, os vereadores presentes se manifestaram contrários à denúncia.

Um a um fizeram a defesa e declararam apoio ao vereador citado no documento. Além de se solidarizarem, usaram o espaço para ressaltar que se tratava não só de um ato de covardia contra um colega da casa, mas um ato de desrespeito contra a casa de leis, fato que ocorreu em outras ocasiões, onde foram levantadas falsamente denúncias contra outros membros do legislativo.

Foto: Ascom Câmara Municipal

Na galeria a família do Vereador e apoiadores a cada fala dos vereadores se manifestavam com aplausos.

Foto: Ascom Câmara Municipal

O Presidente da casa Vereador Francisco Tomaz Oliveira Júnior (PSB) depois de se reunir com a assessoria jurídica da casa para analisar a denúncia, levando em conta a colocação de cada vereador, inclusive com pedidos de não acatamento da denúncia, baseado em não apresentação de nenhuma prova concreta, nem sequer documentos que comprovassem o fato alegado e sem a presença da denunciante em plenário, o presidente determinou o arquivamento da denúncia por quebra de decoro parlamentar contra o Vereador Juninho da JR.

O presidente Francisco Tomaz Oliveira Júnior (PSB) determinou o arquivamento da denúncia por quebra de decoro parlamentar contra o Vereador Juninho da JR. Foto: Ascom Câmara Municipal

O vereador se manifestou dizendo que tudo não passa de perseguição política devido ao trabalho atuante como fiscalizador dos serviços do Executivo Municipal, além é claro de apresentar projetos e legislar em favor do cidadão. Ele ainda disse que sempre pautou pela legalidade e moralidade.

“Eu estou sendo perseguido pelo fato de trabalhar para o povo e pelo povo. Só que o meu trabalho tem incomodado os coronéis que não querem ver o progresso de nossa cidade. Mesmo com a perseguição política eu não penso em parar, em deixar de trabalhar pelo povo, e aproveito para lançar meu nome como pré-candidato a prefeito de Ituiutaba. Estarei sempre ao lado do povo, e por isso hoje estou à disposição para ser pré-candidato”, disse.

Foto: ascom Câmara Municipal

Deixe uma resposta